Eventos


16 de julho de 2020

Theatro Municipal de São Paulo exibe a ópera O Cavaleiro da Rosa na internet

Foto de cena de O Cavaleiro da Rosa. 2018. Theatro Municipal de São Paulo. Crédito: Fabiana Stig.

Montagem apresentada em 2018 no Municipal, sob direção do argentino Pablo Maritano e com solistas internacionais, pode ser conferida no YouTube a partir desta sexta-feira, 17 de julho; obra de Richard Strauss trata de identidade de gênero e independência feminina

 

O canal do Theatro Municipal de São Paulo no YouTube exibe nesta sexta-feira, 17 de julho, a ópera O Cavaleiro da Rosa, do compositor alemão Richard Strauss com libreto de Hugo von Hofmannsthal. A transmissão começa às 20h e o conteúdo ficará disponível por um mês para o público ver e rever quando quiser, de graça e sem necessidade de cadastro. O público ainda pode baixar um livro com informações da ópera. A gravação foi feita pela TV Cultura, emissora parceira do Theatro Municipal, e conta com legenda em português. O espetáculo tem 4 horas de duração e agora pode ser apreciado no conforto de casa.

Uma história de amor entre encontros e desencontros com tom de comédia. Encenada em junho de 2018 no palco do Theatro Municipal, a montagem traz a Orquestra Sinfônica Municipal, o Coral Paulistano, sob a batuta da maestrina Naomi Munakata (1955-2020), regente titular à época, e destacados solistas, incluindo internacionais. A direção musical e regência é do maestro Roberto Minczuk e a direção cênica do argentino Pablo Maritano. Os cenários de Italo Grassi, figurinos de Fábio Namatame e a iluminação de Caetano Vilela.

Dividida em três atos, a história se passa na Viena da Belle Époque, no início do século 20. Marechala Marie Therese von Werdenberg é uma mulher madura e aqui interpretada pela soprano argentina Carla Filipcic Holm, tem como amante o jovem inexperiente Octavian, de 17 anos – um papel travestido, escrito por Strauss para ser interpretado por cantoras – a cargo da mezzo soprano Luisa Francesconi. O alemão Dirk Aleschus (baixo) é o Barão Ochs, primo de Marechala, e este ama Sophie, uma dama representada pela soprano russa Elena Gorshunova.

Quando o Barão Ochs, nobre das províncias que se encontra em dificuldade econômica, visita a prima Marechala para contar-lhe sobre sua proposta de noivado à Sophie, filha única do rico burguês Faninal, não imagina que está interrompendo um momento íntimo dela com Octavian. Para escapar da situação constrangedora, o rapaz veste-se com roupas femininas. Ao ser apresentado como a nova dama de companhia da Marechala, desperta no Barão um interesse amoroso. Octavian é encarregado de levar uma rosa de prata para a pretendente do Barão. O jovem e a noiva se apaixonam. Entre encontros e desencontros, esta ópera, com tom de comédia, evidencia um dos maiores interesses de Strauss: a psicologia feminina.

Completam o elenco Rafael Thomas (Faninal), Paulo Queiroz (Valzacchi), Magda Painno (Annina), Fernando Portari (Um Cantor), Elisabete Almeida (Marianne), Matheus França (Comissário de Polícia), Miguel Geraldi (Mordomo da Marechala), Miguel Geraldi (Mordomo de Faninal), Márcio Marangon (Notário) e Renato Tenreiro (Estalajadeiro). E não para por aí, com Gabriella Rossi (Órfã 1), Laiana Oliveira (Órfã 2), Elaine Martorano (Órfã 3), Débora Faustino (Modista), Renato Tenreiro (Domador de Animais), Alexandre Bialecki, Diógenes Gomes, Felipe Bertol e Vitor Mascarenhas (Lacaios da Marechala), Alexandre Bialecki, Diógenes Gomes, Andrey Mira e Vitor Mascarenhas (Garçons) e, por fim, o cantor Washington Lins (Leopold).

No YouTube do Theatro Municipal também é possível assistir a íntegra das óperas O Barbeiro de Sevilha, A Viúva Alegre e Rigoletto, e o espetáculo A Biblioteca de Babel com o Balé da Cidade de São Paulo, além de outros conteúdos.

+ Municipal Online
Enquanto o Theatro Municipal de São Paulo segue fechado por determinação da prefeitura para evitar a propagação do novo coronavírus, o território digital é o novo palco. Tem performances de câmara, cursos livres, gravações solo em versões reduzidas para piano, vídeos completos de espetáculos e lives com profissionais do Theatro. Tudo isso com acesso gratuito e irrestrito nas páginas do Theatro Municipal no Instagram, Facebook ou YouTube.

E o novo episódio do Podcast Theatro Municipal já está no ar. Para falar de formação musical, a apresentadora Ligiana Costa conversou com a maestrina Érica Hindrikson, coordenadora da Escola Municipal de Música, a mezzo-soprano Joyce Tripiciano, do Coro Lírico e os músicos Renan Mendes (flauta) e Ugo Kageyama (violino), da Orquestra Sinfônica Municipal.