Programação, temporada 2023

Orquestra Experimental de Repertório

Um celeiro de instrumentistas talentosos

A Orquestra Experimental de Repertório (OER) foi criada em 1990 a partir de um projeto apresentado pelo maestro Jamil Maluf. Com foco na última etapa da profissionalização dos instrumentistas, o propósito é que, com essa vivência, os integrantes sigam para grandes orquestras e experiências internacionais.
A OER tem como objetivos a formação de profissionais e a difusão de um repertório abrangente, diversificado e capaz de mostrar o extenso alcance da arte sinfônica, além de estimular a formação de novas plateias.
O nome “Experimental” foi escolhido com base em três pilares: primeiro, por ser um estágio de formação, um período para o músico praticar o seu talento; depois, o repertório vai além do clássico europeu e apresenta músicas contemporâneas de diversas nacionalidades; por último, a orquestra está aberta ao acolhimento e à fusão de novas técnicas e tecnologias.
As séries de concertos, criadas com o objetivo de aprofundar a abordagem dos temas, apresenta renomadas estrelas da música erudita e popular, e as montagens de óperas e balés compõem uma programação que, há anos, vem conquistando o público e a crítica. Vale destacar, entre os vários prêmios recebidos, o Prêmio Carlos Gomes, na categoria Destaque de Música Erudita.

Wagner Polistchuk

Regente titular

Regente Titular da Orquestra Experimental de Repertório, o maestro Wagner também é trombone solo da OSESP, posição que ocupa desde 1986, além de ser o curador da série Concertos Matinais na Sala São Paulo. Wagner Polistchuk já foi o Regente Principal da Orquestra Sinfônica da USP em 2012-14 e Diretor Artístico da Camerata Antiqua de Curitiba de 2009 a 2011. Tem se apresentado à frente de importantes orquestras brasileiras como a OSESP, a Orquestra Sinfônica Brasileira, as Sinfônicas do Theatro Municipal de São Paulo, da Bahia, de Porto Alegre e Filarmônica de Minas Gerais. Tem atuado como Regente Assistente nas inúmeras turnês da OSESP, Brasil 2011, China e Hong Kong 2019, onde regeu a orquestra juntamente com a Diocesan School Orchestra dentro das atividades do Hong Kong Arts Festival no Hong Kong Cultural Centre e nas turnês itinerantes pelo interior do estado de São Paulo, como o projeto ‘Beethoven 250’ em 2020, entre outras. Desde 2018 tem trabalhado ao lado de Marin Alsop com os alunos da classe de regência da Academia de Música da OSESP, sendo que em 2020 assumiu como professor principal desta classe. Os maestros que contribuíram para a sua formação foram Eleazar de Carvalho, Dante Anzolini, Ronald Zollmann, Andreas Spörri, Roberto Tibiriçá, Kurt Masur e Marin Alsop.

Os Músicos

Primeiros-Violinos

Cláudio Micheletti (Spalla)
Bárbara Andrade
Camila Flor Aguiar
Cesar Vinicius Batista de Lima
Diana Leal Alves
Gabriel Henrique Antunes Campos
Gabriel Pereira Vieira
Gabriel da Silva Oliveira
Igor Dutra
Matheus Silva Pereira
Nádia Fonseca
Natan Janczak de Oliveira
Pedro Henrique Escher Tostes de Castro
Roberton Rodrigues de Paula
Sara Pomim de Oliveira
Vitoria Lopes Martinez Canário

Segundos-Violinos

Willian Gizzi – Monitor
André Luiz Piovani
Brunno Rodrigues
Camila Marquez Matte
Carolina Thomaz Ribeiro
Cesar Augusto
Gustavo Martz
Igor de Moraes Forte
Joaquim Guilherme Veiga
Luan Henrique Araújo
Lucas Araújo Olanda
Luís Felipe Tavares Da Silva
Pedro Monteiro Silva
Raissa Mitiko Laurenti
Victor Gabriel Jordão

Violas

Estela Ortiz – Monitora
Eliabe Arruda
Francismar Augusto Ramos Silva
Gilvan Dias Calsolari
Guilherme Santos Santana
Igor Vinicios Borges
Lucas Magalhães Borges
Ulysses Nunes Julião

Violoncelos

Júlio Cerezo Ortiz – Monitor
Daniel Sousa Lima
Daniel FranklimTassotti
Diego Pereira
Giovanni Ribeiro Vaz da Costa
José Carlos Mendoza Oropeza
Matheus Maldonado De Souza
Mateus Paulino Moreira
Matheus Cavalari dos Santos
Peppi Matheus de Araújo

Contrabaixos

Alexandr Iurcik – Monitor
Daniel do Amaral Mengarelli
João Paulo Rocha Nunes
Kaique Souza Mendes Ferreira
Leonardo Oliveira De Lima
Marcos Antonio Gomes Júnior
Robson Jr.Monteiro
Tony Marciel Magalhães

Flautas

Paula Manso – Monitora
Ana Carolina Barbosa
Giovana Dilio
João Vitor Dias Mendes

Oboés

Gutierre Machado – Monitor
Renato Vieira Filho
Luís Felipe Mittaragis

Clarinetes

Alexandre F. Travassos – Monitor
Danilo Aguiar de Paula
Josué Rodrigues dos Santos Junior
Laís Francischinelli

Fagotes

José Eduardo Flores – Monitor
João Luís Maciel da Silva
Mateus Almeida
Samyr Imad Costa

Trompas

Weslei Lima – Monitor
Danilo De Oliveira Nunes
Douglas Donizeti de Souza Ferreira
Leonardo Rodrigues
Kevin Juan Farage dos Santos
Pedro Neto

Trompetes

Luciano Melo – Monitor
Erick Domingues Silva
Jonas Ricarte dos Santos
Rafael Dias

Trombones

João Paulo Moreira – Monitor
Eli Pereira dos Santos
Esteban Sebastian Vicente Ruiz Mendo
Igor Filipe Taveira dos Santos
Matheus Bretas Marques Menezes

Tuba

Sérgio Teixeira – Monitor

Percussão

Richard Fraser – Monitor
Ana Luiza Cassarotte
Guilherme Araújo Florentino
Jefferson Silva Barbosa
Renan Ladislau Santos

Harpa

Suelem Sampaio – Monitora

Piano

Lucas Gonçalves – Monitor

A Equipe

Coordenador Artístico
Pedro Pernambuco

Inspetor
Boris Romão Antunes

Produtor de Palco
Renato Lotierzo

Montadores
José Neves
Paulo Codato

BOOKING

Para contratar nossos espetáculos e corpos artísticos (To hire our shows):

Nathália Costa – Gerente de Produção
nathalia.costa@theatromunicipal.org.br

Rosana Taketomi – Coordenadora de Produção
rosana.taketomi@theatromunicipal.org.br

Telefones:
55 (11) 3053-2053
55 (11) 3367-7216

Processo Seletivo OER 2023

A Orquestra Experimental de Repertório, grupo artístico gerido pela Fundação Theatro Municipal de São Paulo, abre inscrições para suplência. Interessados em participar das audições podem efetuar a inscrição até o dia 20/4/2023 (ENCERRADO), exclusivamente por meio eletrônico. Consulte as informações na página da OER – ACESSE AQUI.