Eventos


12 de dezembro de 2019

Theatro Municipal abre a exposição ‘O Lírico em Cena’, sobre os 80 anos do Coro Lírico Municipal

Coro Lírico Municipal. Foto: Cassandra Mello

Mostra celebra a experiência do convívio e do coletivo do grupo artístico octogenário ligado ao Municipal, sem a pretensão de apresentar uma linha histórica; Instalações distribuídas pelo Theatro reúnem itens de acervo como figurinos, adereços, móveis e objetos dos cenários mágicos dos espetáculos; a abertura para o público será no dia 17 de dezembro e a entrada é gratuita.

 

O Coro Lírico Municipal de São Paulo encerra o ano de comemorações de seus 80 anos com uma exposição que retrata o fazer musical coletivo sem deixar de lado a individualidade de seus cantores e regentes. Por trás de cada história dos 435 coralistas que já passaram por esse corpo artístico, há um ponto em comum: o amor pela música. Essa riqueza de narrativas, somada ao acervo do grupo, reúne elementos que podem servir de base para o enredo de uma ópera. É isso que a exposição cenográfica O Lírico em Cena vai revelar ao público a partir do dia 17 de dezembro. A entrada é gratuita e a mostra fica aberta para visitação até 21 de fevereiro de 2020, com uma pausa na virada de ano.

Sob a curadoria de Carla Nieto Vidal e Joana Tuttoilmondo, e expografia e montagem de Fernando Uehara e Marco Antonio Alves, a exposição está dividida em nove instalações que colocam o Coro Lírico em cena nos espaços do Municipal, como o Saguão e o Salão Nobre. O visitante poderá rever ou ter o primeiro contato com os sapatos e os adereços, as máscaras e as perucas utilizadas pelos cantores, e os objetos de cena que compuseram as principais montagens de óperas, das tradicionais às contemporâneas.

Os figurinos também ganham destaque. As roupas que vestem as vozes e dão forma a personagens tão diversos mostram ao público o delicado trabalho de composição dos figurinistas. Uma mistura de tecidos, cores e texturas que toma conta do palco com toda a energia dos cantores, seus nomes, suas medidas e suas emoções. Elementos de cenografia também preservados e armazenados no Centro de Documentação e Memória (arquivo) e na Central Técnica de Produções Chico Giacchieri retornam ao Municipal, desta vez para apreço do público que visitar a exposição.

A ópera mais encenada no Theatro Municipal de São Paulo e a primeira com a participação do Coro Lírico como corpo estável, em 1939, ganha um espaço exclusivo na mostra. Turandot, de Puccini, esteve em oito temporadas do teatro com diferentes montagens, e agora o público poderá conferir de perto os figurinos completos dos dois personagens centrais da história, a princesa chinesa que dá nome à ópera e seu par romântico Calaf. As peças são da produção de 2018.

Estantes com as partituras dos títulos mais emblemáticos encenados pelo grupo artístico, como Nabucco e Macbeth, ambas de Verdi, Carmen, de Bizet, e La Bohème, de Puccini, só para citar algumas, também serão expostas.

Um vídeo produzido pelo diretor teatral Nelson Baskerville e pelo videoartista Raimo Benedetti, que em agosto assinaram a concepção e direção artística do espetáculo comemorativo Ensaio sobre o Lírico, também será projetado. O audiovisual revela um pouco do perfil do Coro. O convívio e o caráter colaborativo do trabalho desse corpo artístico, responsáveis por estabelecer vínculos, afinidades e parcerias entre os cantores. Na formação atual, por exemplo, há irmãos, primos e casais que se conheceram no Coro Lírico e estão juntos até hoje. Do integrante mais novo, com menos de um ano de grupo, ao mais antigo, que soma 36 anos no time.

A exposição O Lírico em Cena evidencia a arte de excelência e precisão técnica que é o canto lírico. Atributos alcançados com muito treino, persistência e incansável dedicação para desafiar os limites da voz humana. Nesta trajetória de oito décadas, o Coro Lírico Municipal de São Paulo já apresentou 112 títulos de óperas, sem contar as inúmeras peças sinfônicas e outras apresentações, tanto no Municipal quanto em outros teatros do país. Dos mais de 4.500 espetáculos musicais, metade foram óperas. Nessa trajetória, estiveram sob a batuta de nove maestros titulares e de diversos convidados, em temporadas dirigidas por renomados profissionais da cena operística brasileira e internacional.

Ficha técnica
O Lírico em Cena– 80 anos do Coro Lírico Municipal
Curadoria, projeto e desenvolvimento: Carla Nieto Vidal e Joana Tuttoilmondo
Expografia, direção de arte e montagem: Fernando Uehara e Marco Antonio Alves
Produção museológica: Cynthia Taboada
Montagem fina: Manuseio

Serviço
O Lírico em Cena– 80 anos do Coro Lírico Municipal
Abertura: 17 de dezembro, a partir das 11h
Visitação: 17 a 22 de dezembro de 2019; e de 15 de janeiro a 21 de fevereiro de 2020
Classificação indicativa: livre
De terça a domingo, das 11h às 18h.
Saguão e Salão Nobre
Grátis

Theatro Municipal de São Paulo
Praça Ramos de Azevedo, s/nº, Sé – próximo à estação do metrô Anhangabaú
Bilheteria: 11 3053 2090
Horário de atendimento: Segunda a sexta, 10h às 19h; Sábado e domingo, 10h às 17h
Acessibilidade para pessoas com deficiência
Visita educativa: gratuita e em dias e horários estabelecidos, incluindo em inglês para estrangeiros, com monitoria em intérprete em Libras e agendamento especial para grupos de 10 a 50 pessoas. Reserva dos ingressos pela internet. Não há visitação às segundas-feiras, domingos e feriados.

Ouça o Podcast Theatro Municipal. Disponível nas principais plataformas digitais.