Eventos


10 de setembro de 2018

Quarteto de Cordas toca Brahms e composições de Léa Freire em setembro

“Quinteto, opus 34”, em versão para dois violoncelos e “Dança Húngara 17” são peças selecionadas de Brahms para a apresentação; “Sambito”, “Vento em Madeira”, entre outras, são as composições de Léa Freire

O Quarteto de Cordas da Cidade de São Paulo, corpo artístico do Theatro Municipal, instituição da Secretaria Municipal de Cultura, conta com mais um violoncelista para sua primeira apresentação de setembro, Robert Suetholtz. Mas o músico é um velho conhecido do grupo. “O Bob (Suetholtz) entrou no Quarteto de Cordas em 1991 e ficou conosco até 2016”, conta Marcelo Jaffé, violista do grupo.

No concerto, que ocorre em 13 de setembro, às 20h, na Sala do Conservatório, na Praça das Artes, os músicos interpretam composições de Johannes Brahms, como Quinteto, opus 34, em versão para dois violoncelos, “como Brahms o teria concebido a princípio, antes de torná-lo um Quinteto para Cordas e Piano”, explica Jaffé e a Dança Húngara 17,  escolhida para, neste concerto, representar o intenso contato que o músico alemão teve com imigrantes húngaros.

Já no dia 27, Léa Freire é a convidada do grupo formado por Betina Stegmann e Nelson Rios, nos violinos; Marcelo Jaffé, na viola; e Rafael Cesário, no violoncelo. “Fizemos mais trabalhos em paralelo com a Léa e já era hora de ela vir tocar conosco na Sala do Conservatório. Vamos fazer um programa com o repertório desta compositora, pianista e flautista que tem uma intensa trajetória na música brasileira”, elabora o violista do grupo. No repertório estão Sambito, Vento em Madeira, e Deixa Estar, entre outras composições de Freire.

Quarteto de Cordas da Cidade de São Paulo
O Quarteto de Cordas da Cidade de São Paulo foi fundado em 1935 por iniciativa de Mário de Andrade. Inicialmente era chamado de Quarteto Haydn e buscava difundir a música de câmara e estimular compositores brasileiros a compor novo repertório para o gênero. O grupo passou a ser chamado de Quarteto de Cordas Municipal a partir de 1944, chegando à sua forma definitiva em 1981, como Quarteto de Cordas da Cidade de São Paulo.

O Quarteto apresenta-se constantemente no Brasil e no exterior, em eventos como a Feira do Livro de Frankfurt, na Alemanha; o Festival de Música de Saragoza, na Espanha; e o Festival Internacional de Música de Morelia, no México. No Brasil, além da participação nos mais importantes festivais e cursos de música, desenvolveu projetos de estímulo a jovens instrumentistas por meio de concursos e de concertos didáticos em escolas da rede pública, universidades e escolas de música.

Em concertos comentados, o Quarteto apresenta o amplo repertório para a formação, inclusive o de vanguarda, promovendo o contato do público com todas as tendências e escolas de composição, como parte do projeto original do grupo, de fomento e formação de plateias. Em sete oportunidades o Quarteto de Cordas ganhou o prêmio de Melhor Conjunto Camerístico da Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA) e por três vezes o Prêmio Carlos Gomes.

Serviço

Quarteto toca Brahms

Quarteto de Cordas da Cidade de São Paulo
Dança Húngara 17 | J. Brahms
Quinteto, opus 34 | J. Brahms

Betina Stegmann – violino
Nelson Rios – violino
Marcelo Jaffé – viola
Rafael Cesário – violoncelo

Convidado:
Robert Suetholtz – violoncelo

Local: Sala do Conservatório – Praça das Artes (Av. São João, 281 – Centro – 200 lugares)

Data: Quinta-feira, 13/9, 20h.
Duração: aprox. 60 min.
Classificação indicativa: livre (indicado para maiores de 7 anos)
Ingressos: R$ 20 (meia-entrada para aposentados, maiores de 60 anos, professores da rede pública e estudantes)

*Não será permitida a entrada após o início da apresentação

 

Serviço

Quarteto de Cordas & Léa Freire

Quarteto de Cordas da Cidade de São Paulo
Vento em Madeira | L. Freire
Deixa Estar | L. Freire
Oxaguiã (arr. Carol Panesi) | L. Freire
Turbulenta | L. Freire
| L. Freire
Sambito | L. Freire

Betina Stegmann – violino
Nelson Rios – violino
Marcelo Jaffé – viola
Rafael Cesário – violoncelo

Convidados:
Léa Freire – flauta

Local: Sala do Conservatório – Praça das Artes (Av. São João, 281 – Centro – 200 lugares)
Data: Quinta-feira, 27/9, 20h.
Duração: aprox. 60 min.
Classificação indicativa: livre (indicado para maiores de 7 anos)
Ingressos: R$ 20 (meia-entrada para aposentados, maiores de 60 anos, professores da rede pública e estudantes)
*Não será permitida a entrada após o início da apresentação

Vendas na bilheteria do Theatro Municipal de São Paulo ou pelo site www.theatromunicipal.org.br.