Calendário

Eventos

Notícias
05 de abril de 2019

Quarteto de Cordas da Cidade de São Paulo interpreta Schubert, Mendelssohn e Sebastian Bach em abril

O grupo se apresenta nos dias 11 e 25 de abril, na Sala do Conservatório, na Praça das Artes. Os ingressos custam R$20

O Quarteto de Cordas da Cidade de São Paulo realiza dois concertos neste mês de abril na Sala do Conservatório, na Praça das Artes. O local é sede do grupo e referência na arquitetura em São Paulo. As apresentações acontecem nas quintas-feiras, 11 e 25, sempre às 20h. Os ingressos custam R$ 20.

No primeiro concerto (11), os músicos Nelson Rios e Betina Stegmann (violinos), Marcelo Jaffé (viola) e Rafael Cesario (violoncelo) iniciam a apresentação com Quarteto Op. 125 nº 1, de Franz Schubert. A obra é um dos ciclos de quartetos que Schubert terminou de escrever quando tinha 16 anos. O quarteto é um estilo que se consolidou com o compositor austríaco Franz Joseph Haydn, sendo composto com vigor por Mozart, Beethoven e Schubert que chegou a escrever 15 peças para esta formação.

Já na segunda parte do concerto, o grupo interpreta Quarteto de Cordas nº1, op.12, de Felix Mendelssohn, composta em 1829. Ambas as obras do repertório marcam o período do romantismo.

Família Bach e o Cravo

Para encerrar o mês, na quinta-feira, 25, o Quarteto apresenta Família Bach e o Cravo. O concerto terá a participação especial do cravista Sérgio de Carvalho. No repertório estão composições de Carl Phillip Emanuel Bach, Johann Christian Bach e Johann Sebastian Bach.

Ensaio aberto gratuito

Um dia antes de cada apresentação o grupo realiza um ensaio aberto gratuito na Sala do Conservatório, às 18h. Esta é uma ótima chance para conhecer um pouco mais o Quarteto de Cordas, que aproveita o ensaio para conversar com o público e explicar sobre o repertório. Não existe distribuição de ingressos ou senhas, basta chegar no local.

SERVIÇO

> 11 Quinta | 20h

QUARTETO TOCA SCHUBERT E MENDELSSOHN

Quarteto de Cordas da Cidade de São Paulo

Betina Stegmann, violino
Nelson Rios, violino
Marcelo Jaffé, viola
Rafael Cesario, violoncelo

Programa:

Franz Schubert
Quarteto, Op. 125 nº 1 em Mi Bemol

Felix Mendelssohn
Quarteto, Op. 12

Local: Sala do Conservatório, na Praça das Artes Endereço: Av. São João, 281 – Centro
Duração aproximada: 1 hora
Indicação etária: Livre (sugerido para maiores de 7 anos)
Capacidade: 200 lugares
Ingressos: R$ 20,00 pelo site eventim.com.br ou na bilheteria do Theatro Municipal
Horário da Bilheteria do Theatro Municipal: De segunda a sexta-feira, das 10h às 19h, e sábados e domingos, das 10h às 17h

 

> 25 Quinta | 20h

A FAMÍLIA BACH E O CRAVO

Quarteto de Cordas da Cidade de São Paulo

Betina Stegman, violino
Nelson Rios, violino
Marcelo Jaffé, viola
Rafael Cesario, violoncelo
Sérgio de Carvalho, cravo (solista)

Programa:

Carl Phillip Emanuel Bach
Concerto em Ré menor

Johann Christian Bach
Concerto, Op. 1 nº 6

Johann Sebastian Bach
Concerto Para Cravo em Fá Menor BWV. 1056

Local: Sala do Conservatório, na Praça das Artes Endereço: Av. São João, 281 – Centro
Duração aproximada: 1 hora
Indicação etária: Livre (sugerido para maiores de 7 anos)
Capacidade: 200 lugares
Ingressos: R$ 20,00 pelo site eventim.com.br ou na bilheteria do Theatro Municipal
Horário da Bilheteria do Theatro Municipal: De segunda a sexta-feira, das 10h às 19h, e sábados e domingos, das 10h às 17h

 

Mais informações:

Quarteto de Cordas da Cidade de São Paulo

Por iniciativa de Mário de Andrade, o Quarteto de Cordas da Cidade de São Paulo foi fundado em 1935. Inicialmente era chamado de Quarteto Haydn e buscava difundir a música de câmara e estimular compositores brasileiros a compor novo repertório para o gênero. O grupo passou a ser chamado de Quarteto de CordasMunicipal a partir de 1944, chegando à sua forma definitiva em 1981, como Quarteto de Cordas da Cidade de São Paulo.

A atual formação conta com os violinistas Betina Stegmann e Nelson Rios, o violista Marcelo Jaffé e o violoncelista Rafael Cesario, músicos de intensa atividade no cenário musical brasileiro e de prestígio internacional, que se destacam também pela atuação em concertos, recitais e atividades pedagógicas.

Em concertos comentados, o Quarteto apresenta o amplo repertório para a formação, inclusive o de vanguarda, promovendo o contato do público com todas as tendências e escolas de composição, como parte do projeto original do grupo, de fomento e formação de plateias. Em sete oportunidades o Quarteto de Cordasganhou o prêmio de Melhor Conjunto Camerístico da Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA) e por três vezes o Prêmio Carlos Gomes. A Sala do Conservatório é a casa do Quarteto de Cordas da Cidade de São Paulo.