Eventos


02 de dezembro de 2019

Espetáculo de encerramento de ano da Escola de Dança de São Paulo

ESPETÁCULO DE ENCERRAMENTO DE ANO DA ESCOLA DE DANÇA DE SÃO PAULO



O Quebra-Nozes
O Quebra Nozes, balé em 2 atos, estreou em 1892, no Imperial Mariinsky Theatre, em São Petersburgo, então capital da Rússia imperial. Originalmente coreografado por Marius Petipa e Lev Ivanov com partitura de Pyotr Ilyich Tchaikovsky, o libreto é adaptado da história de E.T.A. Hoffmann “O Quebra-Nozes e o Rei dos Ratos”.

O balé desfruta de enorme popularidade desde o final dos anos 1960 e é realizado por inúmeras companhias de dança do mundo, principalmente durante a temporada de Natal.

A partitura, que se tornou uma das mais famosas composições de Tchaikovsky, tem sido usada em várias adaptações cinematográficas da história de Hoffmann.

Enredo
A história começa na véspera de Natal, na casa dos Stahlbaum. A jovem Clara Stahlbaum recebe um boneco quebra-nozes de seu padrinho, o mago Herr Drosselmeyer.

Clara fica encantada com o presente, e seu irmão enciumado, tenta arrancá-lo dela a todo custo. O menino acaba por pegar o boneco que acaba quebrado, Clara fica desolada.

Herr Drosselmeyer conserta o quebra nozes com seu lenço e garante a Clara que tudo ficará bem.

A menina acaba dormindo e sonha que volta ao lugar onde deixou seu boneco, nesse momento um exército de ratos, liderado pelo maligno Rei Rato, invade a sala de Clara e o Quebra-Nozes e os outros bonecos milagrosamente ganham vida para combater os roedores. Os bonecos saem vitoriosos e os ratos derrotados desaparecem.

É nesse momento que o quebra nozes leva Clara a uma jornada por um mundo mágico, passando pelo Reino das Neves, até chegar a Confituremburg, a Terra dos Doces, onde eles conhecem a Fada Açucarada e seu cavaleiro. Os habitantes da da Terra dos Doces apresentam aos visitantes a Dança Espanhola, Dança Árabe, a Dança Chinesa, os Cossacos Russos, Flautistas e a gloriosa Valsa das Flores. Ao final dessa viagem fantástica, Clara acorda e percebe que está de volta a sua casa.

Será que foi um sonho?


Serviço

Quando:
Dia 04 de Dezembro – 20h
Dia 05 de Dezembro – 20h
Dia 06 de Dezembro – 20h
Dia 07 de Dezembro – 16h e 20h
Dia 08 de Dezembro – 14h

Onde: Theatro Municipal Praça Ramos de Azevedo s/n
Tempo de duração: 120 minutos
Classificação: Livre

Ficha Técnica O Quebra Nozes
Coordenador Artístico | Luiz Fernando Bongiovanni
Remontagem | Guivalde de Almeida, Thaís de Assis e Equipe EDASP
Cenografia | José Roverato
Figurinos | Acervo Escola de Dança de São Paulo

Elenco
Clara – Nicole Magalhães ou Maria Eduarda Lima Coelho
Quebra-Nozes – Heitor Valiengo ou Cesar Augusto Neves Ferreira
Herr Drosselmeyer /Padrinho – Welton Nascimbene ou Alexandre Fernandes
Fritz – Wendell Teles ou Guilherme Thimóteo Marques
Rei dos Ratos – Lincon Sampaio Nascimento ou Lucas da Silva Santos
Rainha das Neves – Stephanie Libretti ou Nathália Silva do Carmo
Príncipe das Neves – Murilo Bezerra Magdaleno ou João Felipe
Fada Açucarada – Priscila Oliveira ou Larissa Stephanie
Príncipe – Murilo Bezerra Magdaleno
Cavalheiros – Cesar Augusto Ferreira e João Felipe
Mãe – Patricia Silva Paiva de Carvalho
Pai – Joseph Lopes
Mensageiro – José Francisco Santos Junior
Criadas – Vitória de Campos Martins, Alanis Aiko Oliveira Tamashiro, Maria Fernanda Poloni

 

Escola de Dança de São Paulo
A Escola de Dança De São Paulo é, há quase 80 anos, o principal centro de ensino de dança do município de São Paulo e oferece cursos gratuitos a crianças, jovens e adultos. Atualmente, atende mais de 1.000 alunos vinculados a uma ampla proposta curricular especializada em dança.

A EDASP oferece três programas distintos. O Programa de Formação tem como objetivo desenvolver a vocação artística e técnica por meio de uma grade curricular que promove o contato com diferentes modalidades durante 9 anos. O Programa dos Cursos Livres é voltado para todos os públicos e idades e é ministrado pelo mesmo corpo docente do Programa de Formação, as aulas acontecem na Praça das Artes e no Centro Cultural Santo Amaro. O Programa Ballet Jovem desenvolve o trabalho de preparação artística, por meio de aprimoramento das habilidades técnicas em dança, e promove a transição ao nível profissional.

Administrada pela Fundação Theatro Municipal de São Paulo desde 2012, quando passou a ocupar dois andares do novo endereço na Praça das Artes, a Escola de Dança de São Paulo integra a Diretoria de Formação da Fundação Theatro Municipal, juntamente com a Escola Municipal de Música, a Orquestra Experimental de Repertório e o Opera Studio.