Calendário

Eventos

Notícias
10 de setembro de 2018

Camerata da Orquestra Experimental de Repertório e cantores do Opera Studio

Com regência e direção musical do maestro Gabriel Rhein-Schirato e coordenação geral do maestro Jamil Maluf, ópera será encenada gratuitamente no espaço de convivência da Praça das Artes

A história de dois rapazes instigados a descobrir se suas noivas continuariam-lhes fieis caso eles partissem para a guerra é o mote de Così Fan Tutte, ópera de Wolfgang Amadeus Mozart escolhida para a apresentação gratuita de 15 de setembro, às 17h, no espaço de convivência no 1º andar da Praça das Artes.

“A Camerata da Orquestra Experimental de Repertório (OER) e os cantores do Opera Studio apresentam trechos desta ópera cômica de Mozart de maneira a contar a história completa, com as adaptações necessárias”, explica o maestro Gabriel Rhein-Schirato, diretor musical e regente da produção. E completa: “Há movimentação cênica, figurino e caracterização dos personagens para compor a história”.

A escolha da obra foi feita em conjunto por Rhein-Schirato e pelo maestro Jamil Maluf, regente-titular da OER e coordenador geral do espetáculo. “Levamos em consideração, além da importância da obra, o fato de ser uma ópera menos executada que outras de Mozart e se adaptar muito bem ao estágio atual tanto da Camerata da OER quanto ao elenco do Opera Studio”, conta Maluf.

Così Fan Tutte

Dois jovens oficiais são desafiados por um aristocrata a testar a fidelidade de suas respectivas noivas. Para tanto, dizem ter de partir, mas voltam disfarçados de estrangeiros para cortejar cada um a noiva do outro. Os rapazes, sempre instigados pelo aristocrata, que tem na criada das moças uma aliada que as incita a aproveitar a vida, já que seus pretendentes partiram, não desistem até serem traídos.

Programa:

Così Fan Tutte, de W. A. Mozart

Camerata da Orquestra Experimental de Repertório
Opera Studio da Fundação Theatro Municipal de São Paulo
Coro Adulto da Escola de Música do Theatro Municipal de São Paulo

Gabriel Rhein-Schirato, direção musical e regência
Keila Bueno, direção cênica
Jamil Maluf , coordenação geral

Mariana Álamos – Fiordiligi
Laiana Oliveira – Dorabella
Karen Stephanie – Despina
Felipe Bertol – Ferrando
Athos Teixeira – Guglielmo
Vitor Mascarenhas – D. Alfonso

Local: Espaço de Convivência –  Praça das Artes (Av. São João, 281 – Centro – 200 lugares)
Data: Sábado, 15/9, 17h
Duração: aprox. 60 min.
Classificação indicativa: livre (recomendado para maiores de 7 anos)
Ingressos: Grátis. Retirada de ingressos com uma hora de antecedência.

Theatro Municipal de São Paulo
Praça Ramos de Azevedo, s/nº – São Paulo, SP

Horário da bilheteria: De segunda a sexta-feira, das 10h às 19h, sábados e domingos, das 10h às 17h. Nos espetáculos à noite, a bilheteria permanece aberta até o início do evento; em dias de espetáculos pela manhã, o espaço abre ao público duas horas antes do início da apresentação. Apenas venda e retirada de ingressos para os eventos do Theatro Municipal de São Paulo.