Eventos


Orquestra Sinfônica Municipal apresenta Paisagens da Floresta

Theatro Municipal

20/08/2021 • 19h21/08/2021 • 17h22/08/2021 • 11h

[Theatro Municipal – Sala de Espetáculos]

Paisagens da Floresta
Novos modernistas
Concerto Presencial, aberto ao público

CRISTIANE PAOLI QUITO, direção cênica
Projeção de obras do coletivo Mahku e Ibã Huni Kuin
Iara Helena Magalhães e Cristiano Barbosa, produção de vídeo
Participação especial: Toré com indígenas Kariri-xocó:
Marina Herrero, indigenista
Avani Florentino de Oliveira
Rovesio Tenorio Santos
Gildson Nunes da Cruz
Tawy Tenorio Santos
João Victor Tenorio
Iran Naire Santana Nunes
Aramis Tenorio Santos
Maria Elma Correia de Araújo
Heverton Souza Suira
Maria Elza da Silva Santos
Geniramy Nunes da Cruz
Ana Patricia da Silva
Genirany Nunes da Cruz
Aramis Francisco da Silva
Rodrigo Bonfim dos Santos

Orquestra Sinfônica Municipal
Coro Lírico
ROBERTO MINCZUK
, regência
Marly Montoni, soprano
Rafael Cesario, violoncelo

Programa
JOÃO GUILHERME RIPPER
Texto de Paes Loureiro
Icamiabas – Cantata Concertante

Ingressos R$60 a R$10
Classificação Livre
Duração total 50 minutos

Em prevenção a transmissão do COVID-19, para assistir a este espetáculo, é necessário seguir os protocolos de segurança estipulados em nosso Manual do Espectador (acesse aqui).

Programa sujeito a alteração.

 

O concerto “Paisagens da floresta” representa o encontro da música erudita com a pesquisa, o canto e os saberes tradicionais indígenas. Nesse espetáculo, o Coro Lírico e a Orquestra Sinfônica Municipal apresentam-se sob a regência de Roberto Minczuk, com a soprano Marly Montoni e Rafael Cesário no violoncelo, interpretando a obra Icamiabas – Cantata Concertante, do compositor e regente João Guilherme Ripper. O espetáculo conta com a direção cênica de Cristiane Paoli Quito. A obra inspirou-se no texto de João de Jesus Paes Loureiro, sobre as mulheres guerreiras do Amazonas. João Guilherme Ripper é compositor de música de câmara, obras para piano solo, obras vocais e orquestrais. Também possui notável produção operística, com destaque para obras de temática nacional, com apresentações nas principais salas de concerto do Brasil e exterior. 

Neste concerto, as participações indígenas acontecem em dois momentos: no toré do grupo Kariri-xocó e na apresentação do artista Ibã Huni Kuin. O toré é uma manifestação cultural compartilhada por diversos povos indígenas, principalmente do Nordeste, que une performance corporal e canto, com sentido mágico-espiritual. Considerando as suas variações, nesse espetáculo teremos o toré na versão do grupo de quinze indígenas Kariri-xocó, acompanhados pela indigenista Marina Herrero. 

Por fim, haverá a apresentação de Ibã Huni Kuin, um txana, um mestre dos cantos da tradição do povo Huni Kuin. Ibã Huni Kuin se apresentará por vídeo produzido por Iara Helena Magalhães e Cristiano Barbosa. Ibã Huni Kuin é criador do projeto “Espírito da Floresta” pesquisando, junto a seu filho Bane, os processos multimídia para cantos tradicionais. O artista também integra o MAHKU, um coletivo de artistas indígenas Huni Kuin, da Aldeia Chico Curumim, no Alto Rio Jordão, do Acre. O grupo, formado em 2013, realiza a convergência da linguagem da música dos cantos tradicionais Huni Meka e o desenho como elaboração visual desses cantos. 

“Paisagens da floresta”, portanto, nos convida a conhecer e a prestigiar o encontro entre diferentes repertórios, manifestações culturais e linguagens artísticas. O concerto integra a programação “Liberdades Reinventadas” do Theatro Municipal, da temporada 2021. E até o fim do ano, dezenas de programas serão apresentados pela Orquestra Sinfônica do Municipal, Quarteto de Cordas da Cidade de São Paulo, Orquestra Experimental de Repertório, Coro Lírico, Coral Paulistano e Balé da Cidade de São PauloAcompanhe e participe!

Saiba mais:

  1. Para saber sobre o Movimento dos artistas de Huni Kuin, ler mais neste link. Acesso em 3 de agosto de  2021.
  2. Sobre o toré, ver mais na dissertação, no link1 e no link2. Acesso em 3 de agosto de 2021.
  3. Estreia da Cantata Icamiabas, no Festival Internacional de Música do Pará, ver nesse link. Acesso em 3 de agosto de 2021. 
  4. Sobre o poeta João de Jesus Paes Loureiro, ver mais no link e acesse aqui. Acesso 3 de agosto de 2021. 
  5. Sobre Icamiabas, saiba mais no site. Acesso em 3 de agosto de 2021

      6. Biografia e obra de João Guilherme Ripper, consulta no link e site do compositor. Acesso em 3 de agosto de 2021.