Fundação Theatro Municipal

A Fundação Theatro Municipal de São Paulo é uma instituição de direito público responsável pela gestão de um complexo de equipamentos culturais, corpos artísticos e programas de formação em música e dança.

São de responsabilidade da Fundação o edifício histórico do Theatro Municipal de São Paulo e também a Praça das Artes, marco da arquitetura contemporânea brasileira na região central da cidade. A Fundação administra também as escolas municipais de música e dança – pioneiras no Brasil – e alguns dos mais importantes corpos artísticos do país, como a Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo, o Balé da Cidade de São Paulo, o Quarteto de Cordas da Cidade de São Paulo, o Coro Lírico Municipal de São Paulo e o Coral Paulistano Mário de Andrade. A Fundação Theatro Municipal é também responsável pela Central Técnica do Theatro Municipal, no bairro do Pari, em São Paulo, onde são confeccionados e armazenados os figurinos e cenários das óperas.

A Fundação Theatro Municipal de São Paulo foi instituída pela Lei 15.380 de 27 de maio de 2011 e regulamentada pelo decreto nº 53.225, de 19 de junho. O Estatuto traz um novo formato de administração: uma Fundação de Direito Público vinculada à Secretaria Municipal de Cultura, que tem em sua estrutura organizacional órgãos de direção e conselhos como o Deliberativo e o Fiscal.

Com a Fundação, o Theatro Municipal de São Paulo passou a ter autonomia em campos essenciais para o desenvolvimento de um projeto artístico de excelência, tais como administrativo, financeiro, patrimonial e artístico. A Organização Social Instituto Odeon foi contratada por seleção pública para gerir as atividades do Theatro.

Os recursos que compõem a receita da Fundação vêm do orçamento da Prefeitura de São Paulo, da venda de produtos e serviços educativos e culturais, cobrança de ingressos, convênios, doações, patrocínio, entre outras fontes.

O Conselho Deliberativo, presidido pelo Secretário Municipal de Cultura, é composto por membros natos, por membros indicados pelo Secretário Municipal de Cultura, bem como por membros eleitos, dentre eles destacam-se o representante dos servidores da Fundação e representante dos corpos artísticos.

O Conselho Fiscal, órgão responsável por fiscalizar a execução orçamentária da Fundação Theatro Municipal de São Paulo, dentre outras atividades específicas, é composto por membros titulares e suplentes, indicados pela Secretaria Municipal de Finanças, e membros eleitos dentre os servidores da Fundação.

Conselho Deliberativo
André Luiz Pompeia Sturm – Presidente
Jaruam Miguez Xavier (Suplente: Thais Cisalpino de O. Alvarenga França)
João Carlos Malatian

Conselho Fiscal
Diego Silva
Selma Quaresma da Silva

TRANSPARÊNCIA

Relatório do Contrato de Gestão

Theatro Municipal

Praça Ramos de Azevedo, s/nº
Sé - São Paulo, SP
Ver no Mapa
Bilheteria 55 11 3053 2090

Praça das Artes

Avenida São João, 281
Sé - São Paulo, SP
Ver no Mapa
Telefone 55 11 4571 0401

Adquira seus ingressos

Compre Ingressos
Patrocinadores em atualização
Ministério da Cultura