O Barbeiro de Sevilha, de Gioachino Rossini

A temporada lírica 2019 do Theatro Municipal de São Paulo estreia com uma das mais famosas óperas cômicas: O Barbeiro de Sevilha (Il barbiere di Siviglia), de Gioachino Rossini, sob a direção musical de Roberto Minczuk, cênica de Cleber Papa e figurinos e cenários assinados por José de Anchieta. As récitas acontecem nos dias 14, 15, 16, 19, 20, 21, e 22 às 20h, e no dia 17 às 18h. No dia 17 de fevereiro, a apresentação contará com audiodescrição.

A obra de Gioachino Rossini estreou em 1816. Com libreto do escritor italiano, Cesare Sterbini, é inspirada numa peça homônima do francês Pierre Beaumarchais. Esta ópera foi encenada no Municipal a última vez em 1995. Em mais de 100 anos, o palco histórico de São Paulo acumula cerca de 36 montagens.  De acordo com o maestro Roberto Minczuk, o sucesso mundial da obra se deve a sua leveza. Ele também aponta algumas características sobre a composição. “A música é virtuosística e impressiona com passagens técnicas rápidas, tanto na parte dos solistas, como da orquestra. Interessante que ele utiliza os instrumentos, trompa, flauta, clarinete, de uma forma vocal e as vozes de uma maneira instrumental quando ele quer o virtuosismo, a articulação e a excitação que a história pede”, completa Minczuk.

Theatro Municipal de São Paulo – Sala de Espetáculos

 

Ópera: O Barbeiro de Sevilha, de Gioacchino Rossini

 

Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo
Coro Lírico

Roberto Minczuk, direção musical e regência
Gabriel Rhein-Schirato, regência*
Cleber Papa, direção cênica
José de Anchieta, cenários e figurinos

Figaro
Michel de Souza, barítono (14, 16, 19, 21)
David Marcondes, barítono (15, 17, 20, 22)
Rosina
Luisa Francesconi, mezzo-soprano (14, 16, 19, 21)
Luciana Bueno, mezzo-soprano (15, 17, 20, 22)
Conde de Almaviva
Jack Swanson, tenor (14, 16, 19, 21)
Anibal Mancini, tenor (15, 17, 20, 22)
Dr. Bartolo
Sávio Sperandio, baixo (14, 16, 19, 21)
Saulo Javan, baixo (15, 17, 20, 22)
Don Basilio
Carlos Eduardo Marcos, baixo (14, 16, 19, 21)
Matheus França, baixo (15, 17, 20, 22)
Fiorello
Vítor Mascarenhas, barítono (14, 16, 19, 21)
Vicente Sampaio, barítono (15, 17, 20, 22)
Berta
Débora Dibi, soprano (14, 16, 19, 21)
Denise Yamaoka, soprano (15, 17, 20, 22)
Sargento
Andrey Mira, baixo (14, 15, 16, 17, 19, 20, 21, 22)
Ambrogio
Fabrizio Santos, ator (14, 15, 16, 17, 19, 20, 21, 22)
Notário
Sergio Seixas, ator (14, 15, 16, 17, 19, 20, 21, 22)

*o maestro Gabriel Rhein-Schirato irá reger a récita do dia 20 de fevereiro.

 

Duração aproximada: 2 horas e 30 minutos em 2 atos
Classificação Indicativa: Livre (sugerido para maiores de 7 anos)
Ingressos: R$ 120 / R$ 80 / 20

 

Programação sujeita a alterações.

Theatro Municipal

Praça Ramos de Azevedo, s/nº
Sé - São Paulo, SP
CEP 01037-010
Ver no Mapa
Bilheteria 55 11 3053 2090
Horário de atendimento Segunda a sexta, 10h às 19h
Sábado e domingo, 10h às 17h

Praça das Artes

Avenida São João, 281
Sé - São Paulo, SP
CEP 01035-000
Ver no Mapa
Telefone 55 11 4571 0401
Horário de atendimento 7h às 19h
Patrocínio
Bradesco CBMM
Apoio
Qualicorp
Apoio Cultural
Clube do Assinante Flip Intranet Espaço do Servidor Senac
Gestão
Instituto Odeon
Realização
Fundação Theatro Municipal de São Paulo Prefeitura de São Paulo Ministério da Cultura

Para mais informações sobre patrocínio e parceria contate (11) 3053-2068.

Instituto Odeon

Matriz MG

Rua dos Inconfidentes, 867 - 2º andar
Savassi - Belo Horizonte, MG
CEP 30140-128
CNPJ 02.612.590/0001-39

Filial SP

Praça Ramos de Azevedo, s/nº
Sé - São Paulo, SP
CEP 01037-010
CNPJ 02.612.590/0004-81