Events


08 de December de 2020

Theatro Municipal de São Paulo retoma programação artística sob gestão da Santa Marcelina Cultura

Foto: Stig

Santa Marcelina Cultura anuncia temporada com apresentações presenciais e digitais do Theatro Municipal de São Paulo para o período de dezembro de 2020 a abril de 2021

 

O Theatro Municipal de São Paulo, equipamento da Prefeitura da Cidade de São Paulo e ligado à Secretaria Municipal de Cultura e à Fundação Theatro Municipal de São Paulo, retoma sua programação artística no mês de dezembro de 2020, agora sob gestão da Santa Marcelina Cultura e direção artística de Paulo Zuben. Com formações reduzidas e concertos mais curtos respeitando todos os protocolos sanitários, até o fim do mês de dezembro serão apresentados quatro concertos digitais gravados e dois concertos abertos ao público, que serão também transmitidos ao vivo pelo canal de Youtube do Municipal (https://www.youtube.com/user/theatromunicipalsp).

A Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo (OSM), sob regência de Roberto Minczuk, abre a programação com quatro concertos digitais em homenagem aos 250 anos de Beethoven. Os programas contemplam obras emblemáticas do compositor como a Abertura Fidelio, a ária “Abscheulicher! Wo eilst du hin?” de Fidelio, as Sinfonias nº 5 e nº 7 e o Concerto para piano nº 5. Esses concertos contam com a participação da soprano Marly Montoni e do pianista Lucas Thomazinho e serão exibidos pelo canal de Youtube do Theatro Municipal de São Paulo nos dias 17, 18, 19 e 20 de dezembro, sempre às 20h.

Concertos com público e transmissões ao vivo
O Theatro Municipal reabre suas portas ao público para dois concertos especiais de Natal. No dia 20 de dezembro, domingo, às 11h, o Coral Lírico de São Paulo sobe ao palco,sob regência de Sergio Wernec, para interpretar obras dos compositores Camille Saint-Saëns, Franz Gruber e Georg F. Haendel. O concerto conta com a participação da Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo.

E para encerrar a programação do ano, no dia 23, quarta-feira, às 18h, é a vez do Coral Paulistano retomar suas atividades e apresentar excertos de O Messias, de Georg F. Haendel, em concerto que conta com a participação da Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo e regência do maestro Roberto Minczuk e da maestrina Maíra Ferreira.

Para a retomada dessas atividades presenciais com público estão sendo seguidos todos os protocolos sanitários.

Temporada 2021 (janeiro a abril)
A Temporada de 2021, de janeiro a abril, será composta por 25 concertos e 4 apresentações do Balé da Cidade. Toda a programação será realizada presencialmente, com a participação do público. Também haverá transmissões ao vivo e gravações dos espetáculos, possibilitando o acesso à programação artística do TMSP gratuitamente para a população.

Temporada Sinfônica
A Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo (OSM) realizará 13 programas sinfônicos que contemplam obras de 23 compositores. Como destaque, a OSM apresentará diversas Sinfonias de Schumann e homenageará os compositores Igor Stravinsky, Astor Piazzolla e Edmundo Villani-Côrtes. Todos os concertos acontecem na Sala de Espetáculos e também terão transmissão ao vivo pelo canal de Youtube do Theatro Municipal.

A programação foi pensada de forma a respeitar os protocolos sanitários. Por conta disso, o repertório foi escolhido com a OSM em formação reduzida. A abertura da temporada 2021 acontece no dia 15 de janeiro, sexta-feira, às 20h, sob regência de Roberto Minczuk. Já no início do mês de fevereiro a Orquetsra Sinfônica Municipal retorna com dois programas inéditos. No dia 5, sob regência de Roberto Minczuk, apresenta concerto com as pecas Ma Mere L’oye Suite, de Maurice Ravel, e Sinfonia n. 1, de Robert Schumann. E no dia 6, a OSM faz concerto sob regência de Alessandro Sangiorgi e com a participação da pianista Cecília Moita e do tubista Ricardo Serralheiro. No programa, composições de Dvorak, Poulenc e Vaughan-Williams.

Em março, a OSM realizará seis concertos, sempre às 20h, também com transmissão ao vivo. Nos dias 5 e 6, sob regência de Roberto Minczuk, a Orquestra apresenta dois programas diferentes com obras de Guarnieri, Schumann, dia 5, e Bach, Debussy e Villa-Lobos, no dia 6.

Já nos dias 12 e 13 de março, a OSM homenageará os 100 anos do compositor Astor Piazzolla, sob a regência de Roberto Minczuk, e os 90 anos de Edmundo Villani-Côrtes, sob a regência de Alessandro Sangiorgi. O concerto do dia 13 conta também com a participação dos solistas Raiff Dantas e da pianista da Orquestra Cecília Moita. No dia 19, sob a regência de Roberto Minczuk, a Orquestra recebe as harpistas Jennifer Campbell e Paola Baron para interpretar peças de Maciej Malecki e Robert Schumann. Já no dia 20, também sob a regência de Roberto Minczuk, é a vez da Orquestra receber o contrabaixista Brian Fountain e o violinista Alejandro Aldana para um concerto com obras de Robert Schumann e Giovanni Bottesini.

A programação do mês de abril da Orquestra Sinfônica Municipal tem como destaque a Suíte Pulcinella do compositor russo Igor Stravinsky, em homenagem aos 50 anos de seu falecimento, e obras decompositores do século XX e mais contemporâneos como Dukas, Copland, Xenakis, Stevens e das compositoras Joan Tower e a brasileira Jocy de Oliveira. Os concertos, sob regência de Alessandro Sangiorgi, acontecem nos dias 10 e 11, às 20h.

A Orquestra Experimental de Repertório (OER),sob regência de Jamil Maluf e Guilherme Rocha, apresentará quatro programas sinfônicos na Sala de Espetáculos do Theatro Municipal. A programação conta com convidados como o pianista Lucas Thomazinho e o violinista Claudio Micheletti. Os programas contemplam compositores como Wagner, Beethoven, Grieg, Nepomuceno, Liszt e Brahms.

Coro Lírico e Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo
O Coro Lírico apresenta no dia 7 de fevereiro, às 17h, o concerto O Profano e o Sagrado, sob regência de Sérgio Wernec, com participação dos pianistas Marcos Aragoni e Anderson Brenner e da OSM. No programa, as obras O Profano, de Johannes Brahms, e O Sagrado, de Wolfgang Amadeus Mozart.

Coral Paulistano | 85 anos de história
O Coral Paulistano realizará no dia 11 de fevereiro, às 20h, um concerto comemorativo dos seus 85 anos, sob regência de Maíra Ferreira e a participação especial de músicos da OSM.

O Coral Paulistano foi formado em 1936 com a proposta de trazer a música brasileira para a programação do Theatro Municipal. A iniciativa de Mário de Andrade foi bem recebida e implementada pelo então diretor do Departamento Municipal de Cultura para sensibilizar a elite paulistana com as ideias e ideais do movimento nacionalista que contagiava os compositores brasileiros da época, e que era até então desconhecida pela sociedade. Considerado um marco da história da música em São Paulo, o grupo foi um dos muitos desdobramentos do movimento modernista da Semana de Arte Moderna de 1922. Ao longo de décadas, o Coral esteve sob a orientação de alguns dos mais destacados músicos de nosso país, como Camargo Guarnieri, Fructuoso Vianna, Miguel Arqueróns, Tullio Colacioppo, Abel Rocha, Zwinglio Faustini, Antão Fernandes, Samuel Kerr, Henrique Gregori, Roberto Casemiro, Mara Campos, Tiago Pinheiro, Bruno Greco Facio, Martinho Lutero Galati e Naomi Munakata.

Para a ocasião, foi escolhido um repertório que homenageará todas as regentes e os regentes que passaram pelo grupo em seus 85 anos de história.

Coral Paulistano | Concerto em Homenagem a Naomi Munakata
A maestrina Naomi Munakata, regente titular do Coral Paulistano de 2017 a 2020 e uma das principais personalidades da música clássica brasileira, faleceu no dia 26 de março deste ano por complicações decorrentes de COVID-19. Foi uma perda irreparável para o todo o setor musical. Um ano após seu falecimento, o Coral Paulistano realizará nos dias 26 e 27 de março, às 20h, dois concertos em sua homenagem. Sob regência de Maíra Ferreira, o Coral recebe a Orquestra Sinfônica Municipal, a soprano Aymee Wentz e o barítono Michel de Souza. O repertório selecionado para o concerto será o Réquiem, de Gabriel Fauré, uma das obras prediletas de Naomi Munakata.

Balé da Cidade de São Paulo
Nos dias 25, 26, 27 e 28 de fevereiro, o Balé da Cidade de São Paulo, retomará suas atividades após 12 meses. O espetáculo marcará a volta do grupo aos palcos do Theatro Municipal e apresentará toda a força e diversidade artística da companhia. No programa, que foi construído de forma colaborativa com os bailarinos do grupo, duas coreografias inéditas criadas pelos artistas brasileiros Marisa Bucoff, integrante do BCSP, e Clebio Oliveira.

Quarteto de Cordas da Cidade de São Paulo
O Quarteto de Cordas da Cidade de São Paulo, grupo formado pelo violista Marcelo Jaffé, pelos violinistas Betina Stegmann e Nelson Rios, e pelo violoncelista Rafael Cesario,realiza quatro concertos na Sala do Conservatório nos meses de janeiro, fevereiro, março e abril. A programação do Quarteto da Cidade abarca obras do repertório popular e erudito e conta com convidados como o violinista Ricardo Hertz, e homenagea compositores brasileiros como Clóvis Pereira, Renato Camargo, Hércules Gomes, Pixinguinha, Gilberto Gil, Amélia Brandão Nery e Henrique Oswald. A temporada apresenta ainda um concerto com peças de Joseph Haydn.

Férias no Municipal: Visitas Educativas
As Visitas Educativas retomam as atividades no mês de janeiro de 2021. Com grupos menores, as visitas são gratuitas e será preciso agendamento prévio pelo site do Theatro Municipal (https://theatromunicipal.org.br) para evitar aglomerações. As Visitas Educativas também estarão disponíveis em inglês e em Libras, especifica direcionada somente para o público surdo.

Veja a programação completa aqui.