Programação, temporada 2024

Ópera O Olhar de Judith – Judith’s Gaze (double bill)

Theatro Municipal

26/07/2024 • 20h27/07/2024 • 17h28/07/2024 • 17h30/07/2024 • 20h

[ Theatro Municipal – Sala de Espetáculos ]

O Castelo de Barba Azul – Bluebeard’s Castle, única ópera do compositor húngaro Béla Bartók, com libreto de Béla Balázs, é uma obra simbolista de grande profundidade psicológica. Baseada numa conhecida fábula de transmissão oral codificada no século XVII por Charles Perrault, O Castelo de Barba Azul tem apenas dois personagens: o próprio nobre e misterioso Barba Azul e Judith, sua nova esposa. A angustiante trama, de portas fechadas e proibidas à jovem esposa de Barba Azul, dá origem a uma das partituras mais ricas do repertório da ópera moderna.
Sete portas trancadas e um clima de iminente ameaça fazem da tensa jornada de descobertas de Judith uma viagem às profundezas da psiquê humana, representada pelo próprio castelo que dá título à ópera. Castelo que custodia a solidão e a escuridão de Barba Azul, e que sangra a cada porta aberta.

Em Eu, Vulcânica – I, Volcanic, ópera especialmente comissionada e estreada em 2023, a libretista Mara Lee e a compositora Malin Bang, ambas suecas, reescrevem a história do ponto de vista da personagem-título. Judith não quer mais abrir as portas do castelo de Barba Azul, quer destrancar as suas próprias. Viajando ao subconsciente (ou ao seu próprio castelo), Judith encontra seus medos e desejos e a ópera revela a subjetividade dessa personagem que viveu à sombra e escuridão do marido.

 O Olhar de Judith – Judith’s Gaze foi o nome dado ao encontro dessas duas obras: O Castelo de Barba Azul e Eu, Vulcânica. Duas peças, uma história; velho e novo. Duas artistas femininas do século XXI dialogam com o repertório simbolista do século XX. É uma coprodução internacional com o Muziektheater Transparant (Bélgica).

 

O Olhar de Judith – Judith’s Gaze

ORQUESTRA SINFÔNICA MUNICIPAL
Roberto Minczuk, direção musical
Wouter Van Looy, direção cênica
Wouter Van Looy e Carl Bellens, cenografia
Aline Santini, design de luz
Raimo Benedetti, design de vídeo
Laura Françozo, figurino
Piero Schlochauer, assistente de direção
Jonas Soares, assistente de cenografia
Folkoperan e Muziektheater Transparant, coprodução

O Castelo de Barba Azul – Bluebeard’s Castle
Ópera de Béla Bartók com libreto de Béla Balázs
Editora Universal Edition AG

Hernán Iturralde, Barba Azul
Denise de Freitas, Judith
Gilda Nomacce, Judith (papel falado)

Intervalo (20’)

Eu, Vulcânica – I, Volcanic
Ópera de Malin Bång com libreto de Mara Lee

Alexandra Büchel, Judith
Laiana Oliveira, Darkness 1
Flavio Mello, Darkness 2
Gilda Nomacce, Judith (papel falado)
Flávio Karpinscki, Darkness 2 (ator)

Duração aproximada 130 minutos (com intervalo)
Classificação indicativa Não recomendado para menores de 12 anos
Ingresso de R$31,00 a R$200,00 (inteira)

Para assistir a este espetáculo recomendamos seguir os protocolos estipulados em nosso Manual do Espectador (acesse aqui).

Programação sujeita a alteração.

 

Patrocínio

A récita do dia 28/7 é patrocinada por

A récita do dia 30/7 é patrocinada por

Logo Lefosse