Jovens músicos da Orquestra Experimental de Repertório irão solar no palco do Theatro Municipal de São Paulo após vencer concurso

Musicistas da Orquestra Experimental de Repertório. Foto: Larissa Paz
Concerto acontece no dia 22, às 12h, sob a regência do maestro Jamil Maluf

A Orquestra Experimental de Repertório (OER), sob a regência do maestro Jamil Maluf, realiza no próximo dia 22, às 12h, um concerto para celebrar o Concurso Jovens Solistas. Esta apresentação é uma grande oportunidade para os jovens músicos da OER solarem no palco do Theatro Municipal de São Paulo.

O Concurso existe desde a fundação da orquestra, em 1990, e acontece 1 vez por ano. Os jovens músicos da OER escolhem uma composição para a seleção do concurso. As apresentações são feitas para uma banca formada pelos 16 monitores de naipes e o maestro Jamil Maluf. Ao fim, os vencedores são escolhidos, podendo ser dois ou até mesmo três. “Vários vencedores deste concurso ganharam bolsas de estudo no exterior porque eles gravam este concerto e colocam na solicitação da bolsa. Ajuda na carreira deles”, pontua o maestro.

Este ano os vencedores foram os musicistas Hanan Santos, de 28 anos, que no III Festival Internacional SESC de Música em Pelotas foi convidado para solar junto ao chinês Yang Liu e a orquestra, sob a regência de Emmanuele Baldini, e irá solar com a peça Concerto para Violino em Ré Maior, op.77, de Johannes Brahms. Além dele, Renato Ferreira, de 24 anos, que venceu este mesmo concurso em 2017, já solou à frente da Orquestra Sinfônica Jovem do Conservatório de Tatuí e também foi um dos vencedores do Concurso Jovens Solistas da Orquestra Sinfônica Municipal Jovem de Guarulhos em 2015, executará Concerto Nº 1 para Violoncelo em lá menor, op.33, de Camille Saint- Saëns.

Concerto gratuito
É gratuito! Um dia antes, na Sala do Conservatório, na Praça das Artes, às 17h, a Orquestra Experimental de Repertório, sob a regência de Alexandre Travassos, realiza um concerto de Harpas e Sopros. A apresentação abre com a peça Concerto em Si bemol para harpa, de Georg Friedrich Händel, onde a musicista Suelem Sampaio será a solista, fanfarra e Suite Praetorius, do próprio Alexandre F. Travassos, Petite Symphonie, de Charles Gounod, Pavane Opus 50, de Gabriel Fauré, e Canzon per sonar septimi toni a 8, de Giovanni Gabrieli. “Eu acho muito importante que uma orquestra tenha uma atividade de música de câmara também. Na apresentação camerística pelo fato de ser um grupo menor, os músicos se destacam mais solisticamente”, completa. Para este concerto, não tem distribuição de ingressos, basta o público chegar próximo ao horário do concerto.

ORQUESTRA EXPERIMENTAL DE REPERTÓRIO
A Orquestra Experimental de Repertório (OER) foi criada em 1990, a partir de um projeto do maestro Jamil Maluf, e oficializada pela Lei 11.227, de 1992. A OER tem por objetivos a formação de profissionais de orquestra da mais alta qualidade, a difusão de um repertório abrangente e diversificado, que mostre o extenso alcance da arte sinfônica, bem como a formação de plateias. Entre os vários reconhecimentos que recebeu estão os prêmios Carlos Gomes, como destaque de música erudita de 2012, e APCA, de Melhor Produção de Ópera de 2017. A orquestra tem, atualmente, o maestro Jamil Maluf como regente titular.

Serviço:

CONCURSO JOVENS SOLISTAS
22 DOMINGO 12H
ORQUESTRA EXPERIMENTAL DE REPERTÓRIO
Regência Jamil Maluf

Programa:
CAMILLE SAINT-SAËNS
Concerto Nº 1 para Violoncelo em Lá menor, Op.33

Violoncelo Solo Renato Ferreira

JOHANNES BRAHMS
Concerto para Violino em Ré Maior, Op.77

Violino Solo Hanan Santos

Duração aproximada: 70 minutos
Vendas pelo site theatromunicipal.org.br ou pela bilheteria.
Horário da Bilheteria do Theatro Municipal: De segunda a sexta-feira, das 10h às 19h, e sábados e domingos, das 10h às 17h.
Local: Sala de Espetáculos | Theatro Municipal de São Paulo
Endereço: Praça Ramos de Azevedo, s/nº
Capacidade: 1523 lugares

HARPA, SOPROS E PERCUSSÃO DA OER
21 SÁBADO 17H
Gratuito
ORQUESTRA EXPERIMENTAL DE REPERTÓRIO
Regência: Alexandre Travassos
Harpa: Suelem Sampaio

Programa:
GEORG FRIEDRICH HAENDEL
Concerto em Si bemol para Harpa

ALEXANDRE F TRAVASSOS
Fanfarra

Suite Praetorius

CHARLES GOUNOD
Petite Symphonie

GABRIEL FAURÉ
Pavane Op. 50

GIOVANNI GABRIELI
Canzon per Sonar Septimi Toni a 8, Ch. 172

Duração aproximada 50 minutos
Local: Sala do Conservatório | Praça das Artes
Endereço: Av. São João, 281
Capacidade: 200 lugares

Mais informações:

Jamil Maluf
Regente titular da OER
Jamil Maluf graduou-se em regência orquestral pela Escola Superior de Música, em Detmoldi, na Alemanha. Durante sua permanência na Europa, atuou como regente convidado de diversas orquestras e participou dos Seminários Internacionais para Regentes, em Trier, com o Maestro Sergiu Celibidache. Foi diretor artístico e regente titular da Orquestra Sinfônica Jovem Municipal e, em 1990, criou a Orquestra Experimental de Repertório, a qual conduz com grande sucesso. Por cinco vezes foi distinguido com o prêmio de Melhor Regente de Orquestra pela APCA. Recebeu, também, o Prêmio Carlos Gomes de Melhor Regente de Ópera e o Prêmio Maestro Eleazar de Carvalho de Personalidade Musical do Ano, concedido pelo Governo do Estado de São Paulo, entre outros prêmios. De 1987 a 1992, apresentou o programa de música clássica Primeiro Movimento na TV Cultura. De 2005 a 2009, foi diretor artístico do Theatro Municipal de São Paulo. Em 2015, assumiu também o posto de regente titular e diretor artístico da Orquestra Sinfônica de Piracicaba.

HANAN SANTOS
Violino solo
Iniciou os estudos de violino aos 14 anos, no Rio de Janeiro, com Mariana Isdebski Salles. Em 2010, no Rio Grande do Sul, cursou bacharelado em música na UFPel, na classe do Prof. Tiago Sabino Ribas. Recebeu orientações dos professores Fredi Guerling e Marcello Guerchfeld. No III Festival Internacional SESC de Música em Pelotas foi convidado para solar junto ao chinês Yang Liu e a orquestra, sob a regência de Emmanuele Baldini. Em São Paulo, foi academista na Academia da Osesp e, mais tarde, teve orientações regulares com Pablo de León. Participou de diversos masterclasses com renomados artistas nacionais e internacionais como Jennifer Stumm (EUA), Levon Ambartsumian (RUS), Yang Liu (CHI), entre outros. Em 2018, participou do Ilumina Festival, festival de música de câmara idealizado e dirigido pela violinista norte-americana Jennifer Stumm. Atualmente orientado pelos professores Claudio Micheletti e Jennifer Stumm. Assim como Maria Júlia, é membro do Pianosofia.


RENATO FERREIRA
Violoncelo Solo
Renato Cardoso Ferreira, natural de Sorocaba, São Paulo, iniciou seus estudos na classe do professor Tiago Almeida no Conservatório de Tatuí, onde foi convidado para solar frente a Orquestra Sinfônica Jovem do Conservatório de Tatuí. Foi integrante da Orquestra Sinfônica do Conservatório de Tatuí e , posteriormente, ingressou no ensino superior sob orientação dos professores André Micheletti e Alberto Kanji. Em 2015, foi vencedor do Concurso para Jovens Solistas da Orquestra Sinfônica Municipal Jovem de Guarulhos. Em 2017, foi um dos vencedores do Concurso Jovens Solistas da OER (Orquestra Experimental de Repertório). Atualmente é bacharel com habilitação em violoncelo e membro da Orquestra Experimental de Repertório, sob a regência do maestro Jamil Maluf.

ALEXANDRE F. TRAVASSOS
Compositor e Regente
Alexandre Fracalanza Travassos nasceu em 1970 no Rio de Janeiro; é clarinetista e compositor residente em São Paulo desde 1980. Estudou clarinete na Escola Municipal de Música de São Paulo e posteriormente na Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo. Já trabalhou como instrumentista e arranjador da Banda Sinfônica do Estado de São Paulo e atualmente é monitor instrumentista da Orquestra Experimental de Repertório e das orquestras de formação da Escola Municipal de Música de São Paulo. Como compositor, já recebeu diversos prêmios com suas composições no Brasil e no exterior como o 1° Concurso de Composição para banda sinfônica da Banda Sinfônica do Estado de São Paulo, o Penfield Commission Project (EUA, 2001), o 3º Prêmio Guerra-Peixe de composição para orquestra (2001), o Outdoor Composition Contest (EUA, 2010), o Otto-Ditscher-Preis (Alemanha, 2011) e o Prêmio Funarte de Composição Clássica de 2011 e 2017. Suas músicas já foram executadas em diversos países.
SUELEM SAMPAIO
Harpa
Natural de São Paulo, a harpista Suelem Sampaio começou a estudar harpa sinfônica aos 10 anos de idade na Escola Municipal de Música de São Paulo, participou de diversos festivais no Brasil e no exterior e foi aluna da Academia de Música da Osesp. É constantemente requisitada para trabalhar como convidada em diversas orquestras bem como atuar como solista e atualmente integra a Orquestra Experimental de Repertório. É professora do Curso de Extensão em Harpa na Universidade do Estado de São Paulo, do Festival Música nas Montanhas, da Buenos Aires Harp Week 2019 e do Curso de Graduação em Harpa Sinfônica da Universidade Mozarteum.

Theatro Municipal

Praça Ramos de Azevedo, s/nº
Sé - São Paulo, SP
CEP 01037-010
Ver no Mapa
Bilheteria 55 11 3053 2090
Horário de atendimento Segunda a sexta, 10h às 19h
Sábado e domingo, 10h às 17h

Praça das Artes

Avenida São João, 281
Sé - São Paulo, SP
CEP 01035-000
Ver no Mapa
Telefone 55 11 4571 0401
Horário de atendimento 7h às 19h
Patrocínio
Bradesco CBMM
Apoio
Qualicorp
Apoio Cultural
Clube do Assinante Flip Intranet Espaço do Servidor Senac
Gestão
Instituto Odeon
Realização
Fundação Theatro Municipal de São Paulo Prefeitura de São Paulo Ministério da Cultura

Para mais informações sobre patrocínio e parceria contate (11) 3053-2068 e gestaodeparcerias.tmsp@institutoodeon.org.br.

Instituto Odeon

Matriz MG

Rua dos Inconfidentes, 867 - 2º andar
Savassi - Belo Horizonte, MG
CEP 30140-128
CNPJ 02.612.590/0001-39

Filial SP

Praça Ramos de Azevedo, s/nº
Sé - São Paulo, SP
CEP 01037-010
CNPJ 02.612.590/0004-81